Bolsas de Estudo Fulbright

written by appi on December 20, 2019 in Archive with no comments
Bolsas Fulbright Portugal

“Exmos.(as.) Senhores(as),

Comissão Fulbright tem como missão promover o entendimento mútuo entre Portugal e os Estados Unidos da América através das áreas da educação e da ciência. O nosso Programa visa, ao mesmo tempo, diversidade, equidade e inclusão, valores de uma sociedade mais justa e dialogante. Por isso, gostaríamos de dar-lhe a conhecer as Bolsas de Estudo Fulbright para estudantes e professores(as) portugueses(as), bem como disponibilizar os nossos serviços de orientação e informação sobre o sistema de ensino norte-americano.

 

Pensamos que é também pertinente partilhar consigo os Study of the U.S. Institutes (SUSI) for Student Leaders from Europe, programas académicos intensivos de cinco semanas nos EUA, integralmente financiados pelo Departamento de Estado Norte-Americano. Estas bolsas permitem que jovens portugueses aprofundem os seus conhecimentos sobre os EUA e assim desenvolvam diferentes capacidades académicas e pessoais. A condição socioeconómica dos(as) candidatos(as) será tida em conta para efeitos de seleção das candidaturas, bem como outros fatores tais como a proveniência geográfica e/ou o facto de os(as) candidatos(as) pertencerem a populações desfavorecidas ou pouco representadas no Ensino Superior, incluindo minorias étnicas, cidadãos com deficiência e membros da comunidade LGBTI. Todas as informações estão disponíveis em: http://www.fulbright.pt/bolsas/study-of-the-u-s-institute-for-student-leaders-from-europe/

 

Por último, gostaríamos ainda de referir que a Comissão Fulbright Portugal é signatária da Carta Portuguesa para a Diversidade e apresenta na sua página a declaração desse compromisso, que sente como imperativo ético: apoiar jovens –  estudantes e professores(as) –  que no nosso país apresentam à partida várias desvantagens, quer pela sua etnia, credo e género, quer por terem mobilidade reduzida, ou ainda devido a carências sociais e financeiras que os discriminam. “